Diário da Manhã

Plantão

Geral

Morre o empresário Sidnei Meyer

Fundador da SM Construções, empresário faleceu na tarde de hoje (11), no HCC onde estava internado há 60 dias. Meyer havia sofrido uma parada cardíaca em setembro do ano passado, na Bahia, onde também permaneceu internado por algum tempo

O corpo do empresário Sidnei Olavo Meyer será sepultado às 16h de amanhã (12) no Cemitério Evangélico Martinho Lutero, em Carazinho. O velório está marcado para iniciar no início da noite de hoje (11) nas Capelas A e B da Funerária Adam.

Natural de Pelotas, Meyer, havia completado 61 anos de idade na quinta-feira (10). O empresário, do ramo da construção civil e formado pela Universidade Federal de Pelotas em Engenharia Agrícola, deixa duas filhas, três netos, esposa, irmão e mãe.

Empreendedor escolheu a cidade de Carazinho no começo da década de 90 para fixar residência e montar sua empresa, hoje a SM Construções, que teve seu último grande empreendimento entregue que foi o edifício Manary (que significa Espírito do Bem) localizado na rua Bernardo Paz. Além de Carazinho e empresário levou suas obras às cidades de Não-Me-Toque, Tapera e Espumoso.

Vítima de uma parada cardíaca, o empresário estava enfermo desde o dia 5 de setembro do ano passado na cidade de Camaçari, na Bahia, onde passava período de férias. Há cerca de 60 dias, foi transferido para o Hospital de Caridade de Carazinho, onde faleceu.

Durante seis anos, em duas ocasiões, Sidnei Olavo Meyer esteve na presidência da Associação Comercial e Industrial de Carazinho - ACIC. Em ambos os mandatos a sua gestão foi marcada pela união e fortalecimento da entidade, com trabalhos realizados em sintonia com todos os segmentos da sociedade civil organizada, não somente de Carazinho, mas de toda a região. O empresário também teve forte atuação como presidente da Câmara Júnior do Brasil, Estado e de Carazinho. Atuou ainda no Conselho do Hospital de Caridade de Carazinho e na direção do Clube Comercial. Desempenhou trabalhos importantes junto a entidades de iniciativas populares.

O empresário foi presidente da Acic em dois períodos, entre 1996 e 2000 e entre 2006 e 2008. Atualmente, ele presidia o conselho deliberativo da entidade. Ele foi premiado com o troféu João de Barro, que agracia personalidades importantes da região, em 2010. O prêmio reconhece aqueles que empreendem e colaboram com o crescimento de Carazinho. Em 2017, ele foi homenageado na festa de 100 anos da Acic por ter sido presidente da entidade. Sob a sua presidência, a ACIC sozinha ou em conjunto com outras entidades de classe trouxe muitas personalidades importantes para Carazinho e região, como ministros, ex-ministros, governadores e presidentes de grandes empresas para encontros onde foram apresentadas importantes reivindicações, para o desenvolvimento regional, bem como o esclarecimento de diversos assuntos relevantes. As palestras e reuniões-almoço foram marcas de suas duas gestões.

Meyer também tomou posse no Conselho Consultivo do SESI Regional, em Passo Fundo, juntamente com outros conselheiros representantes de entidades empresariais da região, tendo como foco o desenvolvimento sustentável. “Não vejo outra forma de conseguirmos resultados satisfatórios, que não seja através da união de esforços”. Esse pensamento seu foi reiterado em diversas entrevistas aos órgãos de imprensa, por ser um grande defensor do associativismo.

O empresário também defendeu a parceria da ACIC com os poderes políticos, no intuito de alcançar resultados mais positivos nos grandes pleitos de Carazinho e região. A ACIC em suas gestões, sempre buscou o aperfeiçoamento interno, tanto na prestação de serviços, quanto na representatividade, buscando qualificar os serviços prestados aos associados.

Lideranças de vários setores lamentam

“Nós da direção e todos os associados da Acic estamos consternados e tristes com essa notícia. Era uma grande liderança local, uma pessoa que trabalhava incondicionalmente pelo desenvolvimento de Carazinho, um parceiro para atrair novas empresas e um empresário de sucesso na construção civil”, declarou o presidente da ACIC, Jocélio Cunha. “Ele morreu prematuramente, aos 61 anos. Temos de acreditar que Deus tem um projeto maior para ele. O Sidnei marcou a história da Acic e certamente fará muita falta em ações futuras de nossa entidade. Era um homem sempre atento a tudo, uma referência para nós. Era a maior liderança que tínhamos, sem dúvida”, acrescentou.

O presidente do CDL, Evandro Zanolla, também se disse bastante consternado. “Ele era uma pessoa que desenvolveu uma identidade muito forte na cidade, uma pessoa presente, que através da Acic e todas os locais onde se comprometeu a ajudar teve voz ativa, posição firme e coerente. É uma grande perda para a toda a comunidade de Carazinho”, declarou, acrescentando que costumava trocar ideias com o empresário. “Tínhamos um contato direto por causa das entidades, então frequentemente estávamos trocando ideias, apoiando um ao outro nas causas que entendíamos como sendo as melhores para a comunidade. Era uma pessoa de posicionamento correto e com certeza será uma grande perda para todos nós”, concluiu.

O presidente do Legislativo, Márcio Hoppen, o Guarapa, lembrou do talento para o empreendedorismo de Meyer. ““Perdemos um grande empresário, grande pai de família, esposo da ex-secretária de Planejamento, Maria Meyer. A gente fica triste. Mais um fato lamentável, então, a gente fica triste realmente, solidário à família, à Maria, principalmente. Ele era um grande empreendedor, que queria Carazinho crescendo. Com certeza uma grande perda”, colocou.

Outra pessoa próxima a Meyer era o prefeito, Milton Schmitz. “Estamos muito chateados. Nos solidarizamos à família, com a qual eu tenho um relacionamento pessoal. Estamos chocados porque a gente sempre espera que algum milagre possa acontecer, mas, infelizmente, Carazinho tem experimentado muitas perdas nos últimos meses. Nossa cidade tem sido de certa forma abalada com essas noticias. Vamos dar apoio à família, porque não nos resta muita coisa a fazer, a não ser colocarmos na mão de Deus e não perdermos a fé, não perdermos a esperança. Carazinho perde não só um cidadão que cuidava da construção civil com muito carinho e competência, mas, sim, uma liderança, talvez uma das maiores lideranças que já vimos”, mencionou. 

Comentários

Galerias de Fotos

Anuncie Aqui

Horários de Voos

Vôo Empresa Horários Destino (s) Frequência
VCP - PFB Azul 08:45:00 Passo Fundo segunda a sábado
VCP - PFB Azul 17:40:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 23:15:00 Passo Fundo segundas, terças, quartas, quintas, sextas e domin
VCP - PFB Azul 20:35:00 Passo Fundo sábados
PFB - VCP Azul 06:00:00 Campinas - SP todos os dias
PFB - VCP Azul 10:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos domingos
PFB - VCP Azul 19:55:00 Campinas - SP todos os dias exceto aos sábados
FLN - PFB Azul 16:15:00 Passo Fundo Segundas, sextas e domingos
PFB - FLN Azul 18:20:00 Florianópolis Segundas, sextas e domingos

Baixe o Aplicativo do Jornal

Matriz

Curta o Diário

(54)3316-4800Passo Fundo

(54)3329-9666Carazinho

  • Passo Fundo: (54) 9905-7864

    Carazinho: (54) 9959-5027